Skip to main content
A masturbação pode causar disfunção erétil

A masturbação pode causar disfunção erétil?

COMPARTILHE!

É uma crença comum que se masturbar demais pode causardisfunção erétil. A disfunção erétil acontece quando você não pode obter oumanter uma ereção. Este é um mito que não é baseado em fatos. A masturbação nãocausa diretamente a disfunção erétil nos homens.

Essa ideia ignora algumas das complexidades da masturbação e as causas físicas e mentais da disfunção erétil, muitas das quais não têm nada a ver com masturbação ou pornografia.

O que as pesquisas dizem

Um estudo analisou o caso de um homem que acreditava queseus hábitos de masturbação o impediam de conseguir uma ereção e consumar seucasamento, o que quase levou ao divórcio. Ele acabou sendo diagnosticado comtranstorno depressivo maior. Esse diagnóstico, juntamente com a educação sexuale a terapia conjugal, permitiu que o casal estabelecesse uma relação sexualdentro de alguns meses.

Algumas pesquisas sugerem que, frequentemente, a masturbaçãoenvolvendo a pornografia pode contribuir para a disfunção erétil, dessensibilizandoo homem para certas imagens e intimidade física. Alguns efeitos neurológicos dopornô foram estudados. No entanto, nenhuma pesquisa existe provando queassistir pornografia pode causar uma resposta física que resulta em disfunçãoerétil.

Outro estudo analisou homens e casais submetidos à terapiacomportamental para melhorar sua comunicação e compreensão dos hábitos sexuaisum do outro. Os participantes do estudo tiveram menos queixas sobre a disfunçãoerétil até o final do estudo. Embora a masturbação não tenha sido mencionada noestudo, isso mostra que uma melhor comunicação entre os parceiros pode ajudarna disfunção erétil.

O que realmente causa a disfunção erétil nos homens?

A disfunção erétil pode ter várias causas físicas epsicológicas. Em alguns casos, isso pode ser causado por ambos.

Causas físicas podem incluir:

  • uso excessivo de álcool ou tabaco;
  • pressão arterial alta ou baixa;
  • colesterol alto;
  • obesidade;
  • diabetes;
  • doença cardiovascular;
  • condições como esclerose múltipla ou doença deParkinson.

Causas psicológicas podem incluir:

  • estresse ou dificuldade com intimidade nosrelacionamentos;
  • estresse ou ansiedade de situações em sua vidapessoal ou profissional;
  • depressão ou outras condições de saúde mentalrelacionadas.

Desmascarando outros mitos da masturbação

Talvez o mito mais comum sobre a masturbação seja que não énormal. Mas até 90% dos homens e 80% das mulheres afirmam que se masturbaram emalgum momento de suas vidas.

Outro mito comum é que a masturbação pode fazer você ficarcego ou começar a fazer crescer o cabelo nas palmas das mãos. Isso também éfalso. Algumas evidências mostram até que a masturbação pode ter benefíciosfísicos.

Prevenindo a disfunção erétil

Você pode fazer mudanças no estilo de vida que podem ajudarcom sua disfunção erétil, incluindo:

  • se exercitando 30 minutos por dia;
  • evitando cigarros ou outros produtos de tabaco;
  • evitando ou reduzindo a quantidade de álcool quevocê bebe;
  • meditando ou participando de atividades quereduzem o estresse.

Se você tem uma condição que está causando a disfunçãoerétil, converse com seu médico sobre como gerenciá-la. Faça exames físicospelo menos uma vez por ano e tome os medicamentos prescritos para garantir quevocê esteja o mais saudável possível.

Tratamento da disfunção erétil

Um plano de tratamento para a disfunção erétil depende dacausa da mesma. A causa mais comum de disfunção erétil é a falta de fluxo sanguíneonas artérias penianas, portanto muitos tratamentos abordam esse problema.

Medicamentos

Medicamentos como Viagra, Levitra e Cialis estão entre ostratamentos mais comuns para disfunção erétil. Estes medicamentos podem teralguns efeitos colaterais, incluindo dores de estômago, dores de cabeça erubor. Eles também podem ter interações perigosas com outros medicamentos e comcondições como pressão alta e doença renal ou hepática. Converse com seu médicose estiver preocupado com interações medicamentosas.

Bombas penianas

Bombas penianas podem ser usadas para tratar a disfunçãoerétil, caso a falta de fluxo sanguíneo esteja causando a sua disfunção erétil.Uma bomba usa um tubo de vácuo para sugar o ar ao redor do pênis, o que causauma ereção, permitindo que o sangue entre no pênis.

Cirurgia

Dois tipos de cirurgia também podem ajudar a tratar a disfunçãoerétil:

  • Cirurgiado implante peniano: o seu médico insere um implante feito de hastesflexíveis ou insufláveis. Esses implantes permitem que você controle quandotiver uma ereção ou mantenha seu pênis firme depois de conseguir uma ereçãopelo tempo que quiser.
  • Cirurgiados vasos sanguíneos: O seu médico realiza uma abertura nas artérias do seupénis que estão bloqueadas e impedem o fluxo sanguíneo. Este procedimento émuito menos comum que a cirurgia de implante, mas pode ajudar em alguns casos.

Outras alternativas

Seu médico também pode recomendar injeções ou supositóriosque ajudem os vasos sanguíneos do pênis a relaxar e permitir um fluxo de sanguemais livre. Ambos os tratamentos podem ter efeitos colaterais como dor edesenvolvimento de tecido em seu pênis ou uretra. Converse com seu médico sobrese este tratamento é ideal para você, dependendo de quão grave é a suadisfunção erétil.

Se o seu médico acredita que algo psicológico ou emocionalestá causando a sua disfunção erétil, é provável que ele encaminhe você para umconselheiro ou terapeuta. Aconselhamento ou terapia pode ajudá-lo a tornar-semais consciente dos problemas de saúde mental subjacentes, condiçõespsicológicas ou situações em sua vida pessoal que possam estar contribuindopara a disfunção erétil.


COMPARTILHE!

One thought to “A masturbação pode causar disfunção erétil?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.